Histórico

-A +A

Com mais de cinco décadas de atuação em ensino, pesquisa, treinamento e assistência técnica aos diferentes níveis de governo e de iniciativa privada, a Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia foi fundada em 14 de setembro de 1959, em meio à efervescência cultural e científica do reitorado de Edgard Santos. Ao seu lado, teve participação importante o professor Lafaiete Pondé, primeiro diretor da EAUFBA.

 

Com espírito visionário, o então reitor sentiu a necessidade de formar um profissional preparado para gerir as indústrias e os órgãos públicos que se desenvolviam nesse período de grande desenvolvimento do Brasil. O curso foi recebido com entusiasmo na Bahia, onde, até então, as profissões estavam ligadas, quase exclusivamente, à medicina, à engenharia e ao direito.

 

O compromisso com a qualificação de ponta acompanha a Escola desde sua criação. A EAUFBA contou com o suporte de um programa internacional de cooperação científica e técnica, que conjugava a vinda de professores norte-americanos a Salvador, com formação acadêmica estratégica, em nível de mestrado, daqueles que seriam os futuros docentes brasileiros. Os profissionais locais realizaram intercâmbio nos Estados Unidos – Califórnia e Michigan - em centros de estudos avançados nas áreas de Administração Pública e de Empresas.

 

Inicialmente, os estudantes aprovados no vestibular cursaram disciplinas intituladas de “tronco comum”, uma espécie de ciclo básico, até que os mestres das disciplinas profissionalizantes retornassem de suas bolsas de estudos. As aulas se iniciaram em 1960, no subsolo do prédio da Reitoria.

 

A Escola funcionou, ainda, em uma casa no bairro do Canela; e, posteriormente, em outra casa na Rua Leovigildo Filgueiras, no Garcia. Atualmente, a Escola de Administração funciona na Avenida Reitor Miguel Calmon, no Vale do Canela, em Salvador.

Compartilhe no Facebook! Compartilhe no Twitter!